Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘vitória’

Oi pessoal, segue uma lista de vídeos legais da corrida e da celebração da vitória do Nelsinho Piquet no ePrix de Moscou! E que venha Londres!!!

Se você perdeu a corrida, aqui os melhores momentos // Highlights of Moscow ePrix

Aqui a corrida completa (não-oficial) // Full race (unofficial)

Celebração em slow motion – o melhor vídeo de todos! // Slo-mo celebration – best video ever!

Entrevista após a corrida (em inglês) // post race interview

“Difícil expressar o que estou sentindo agora, estava contente de voltar a uma pista como essa, o carro vai bem nesse tipo de condição com muitos bumps traiçoeiros. Fizemos o que era preciso, nosso dever de casa: uma boa classificação, uma boa corrida aumentando nossa vantagem no campeonato”. Perguntado sobre o (alto) consumo de bateria Nelsinho explicou “São duas corridas diferentes, quando você está buscando alcançar o líder você tem uma estratégia, você precisa economizar para tentar um ataque no final, eu até tentei economizar, mas quando você é o líder tem que acelerar e não é fácil economizar”. Perguntado sobre como se sente ao chegar na etapa final como líder, Nelsinho disse: “A equipe fez um excelente trabalho, agora é trabalhar duro para a final em Londres!” (Gente, desculpem se houver falha na tradução, mas usar google tradutor para texto é fácil, traduzir do áudio não é tão simples… e o Nelsinho fala rápido demais hahaha)

Anúncios

Read Full Post »

Official Highlights / Melhores momentos, vídeo oficial

Extended Highlights / Melhores momentos extendido, vídeo oficial

Largada sensasional do Nelsinho // Piquet Jr amazing start

Full Race (non-official) / Corrida completa, não oficial

Assim que eu for achando mais vídeos, vou atualizando a lista aqui // If I found more videos, I will update this post and let you know

Read Full Post »

Piquet Jr vence pela primeira vez na Fórmula E nas ruas do primeiro triunfo de seu pai na F1 e está a um ponto da liderança no campeonato

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Luis Ferrari (assessor do Nelsinho Piquet)

Nelsinho Piquet conquistou sua primeira vitória na Fórmula E nas mesmas ruas onde há 35 anos Nelson Piquet venceu pela primeira vez na F1.

O piloto do Team China venceu com autoridade o ePrix de Long Beach, liderando todas as voltas, depois de uma brilhante largada. De quebra, assumiu a vice-liderança no campeonato e está agora a um ponto da liderança.

“É inexplicável a sensação de vencer com o capacete do meu pai. Trago um pedaço dele comigo. Sempre consigo ir além em momentos especiais como este. Há 35 anos ele venceu aqui e fico muito feliz em novamente escrever o nome Piquet nas ruas de Long Beach. Foi por isso que fiz questão de levar o capacete para o pódio”, afirmou o brasiliense.

Partindo do terceiro lugar no grid, o carro #99 tracionou melhor na partida e emparelhou por dentro na curva 1 para assumir a dianteira. “Quando vi que tinha um bom momento, arrisquei pela liderança. Freei mais tarde. Quando vi que a manobra deu certo, tinha certeza que brigaria pela vitória.”

Ele então sustentou o primeiro posto até a janela de pit-stops e nem sequer precisou tirar vantagem do primeiro lugar no “Fan Boost”, enquete virtual promovida pela novíssima categoria 100% elétrica que premia os três pilotos mais votados com uma carga adicional de energia nos dois carros usados durante cada etapa da Fórmula E.

Com duas intervenções do safety-car, a janela de troca de carros foi “empurrada” para a segunda metade do ePrix, permitindo o segundo stint de cada carro próximo da plena potência franqueada aos competidores.

“O pit-stop foi muito bom, então fiquei tranquilo. Depois que todos pararam, reassumi a ponta. A partir daí foi controlar a corrida”, contou Piquet Jr.

Único competidor da categoria presente no top5 nas últimas quatro provas, Nelsinho agora é vice-líder do campeonato, com 74 pontos. Ele está a um ponto da liderança, a despeito de ter participado apenas da parte final da pré-temporada.

“Outros começaram a trabalhar bem mais cedo, mas a garra do Team China compensou com grande aprendizado nas primeiras duas corridas. Nunca vi a equipe tão motivada e sei que vamos trabalhar mais forte ainda no resto do ano. Tenho orgulho de fazer parte desta organização e agradeço o empenho de todos, principalmente dos torcedores que me colocaram no topo do Fan Boost.”

Depois de passar pela Ásia e Américas do Sul e do Norte, a Fórmula E agora migra para a Europa para sua reta final. Sétima etapa da temporada 2014-2015, o ePrix de Mônaco está marcado para 9 de maio. A categoria viaja então por Berlim e Moscou, antes de encerrar sua temporada inaugural com duas corridas em Londres no último final de semana de junho.

Fórmula E – Long Beach ePrix (top10):
1. N. Piquet Jr.

2. JE. Vergne
3. L. di Grassi
4. S. Buemi
5. B. Senna
6. J. d’Ambrosio
7. A. Felix da Costa
8. J. Alguersuari
9. L. Duval
10. S. Sarrazin

Fórmula E – Classificação (top10):
1. L. di Grassi 75 pontos
2. N. Piquet Jr 74

3. N. Prost 69
4. S. Buemi 55
5. S. Bird 52
6. A. Felix da Costa 43
7. J. d’Ambrosio 42
8. JE. Vergne 32
9. J. Alguersuari 30
10. B. Senna 28

Read Full Post »

 

Nelson Piquet Jr com o troféu de Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr com o troféu de Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Momentos antes da corrida (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Momentos antes da corrida (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr liderando a prova em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr liderando a prova em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Ultrapassagem sensacional de Piquet em cima de Crafton na última volta! (Foto: Captura de tela)

Ultrapassagem sensacional de Piquet em cima de Crafton na última volta! (Foto: Captura de tela)

Comemoração em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Comemoração em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Getty Images)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Getty Images)

Esquema de pintura por Alpinestars e Claw Money em prol do combate ao câncer de mama (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Esquema de pintura para Talladega, feita por Alpinestars e Claw Money em prol do combate ao câncer de mama (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr e Miguel Paludo em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr e Miguel Paludo em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

O carro#30 com esquema especial pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

O carro#30 com esquema especial pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelsinho Piquet pronto pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Twitter)

Nelsinho Piquet pronto pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Twitter)

Nelson Piquet Jr é atingido por adversário em Talladega (Foto: Getty Images)

Nelson Piquet Jr é atingido por adversário em Talladega (Foto: Getty Images)

Nelsinho Piquet é atingido por adversário (Foto: Divulgação Getty Images)

Nelsinho Piquet é atingido por adversário (Foto: Divulgação Getty Images)

Read Full Post »

Para quem não assistiu a vitória do Nelsinho ontem, clique aqui para ver o vídeo da corrida completa, narração em inglês // If you lost the race yesterday, click here to watch complete race, in English!

Aqui o vídeo das últimas voltas, narração Sérgio Lago e comentários Thiago Alves // Last laps, portuguese version

E aqui o vídeo das últimas voltas em inglês // Last Laps, english version

Victory lane and interview in English! // Nelsinho Piquet no victory lane e entrevista em inglês

Áudio da entrevista em português // Portuguese interview, audio only

Ultrapassagem de Piquet entra no top-5 da Nascar desse fim de semana

NÃO ESQUEÇA DE VOTAR NO NELSINHO PIQUET PARA PILOTO MAIS POPULAR DA NASCAR TRUCK SERIES! ELE PRECISA E DEPENDE DE NÓS, FÃS! CLIQUE AQUI E VOTE!

DON’T FORGET TO VOTE IN NELSON PIQUET JR FOR THE MOST POPULAR DRIVER NASCAR CAMPING WORLD TRUCK SERIES! HE NEED AND DEPEND ON US, HIS FANS! CLICK HERE AND GIVE YOUR VOTE!

Read Full Post »

Foto: Divulgação Piquet Sports
Copyright: CIA Stock Photography

Se alguns críticos tentaram desmerecer a primeira vitória por ela ter sido na tática de combustível, com essa agora eles não tem o que falar. Foi na raça, na pista, no talento puro, vitória com “V” maiúsculo! 2012 abriu a porteiras da vitória Nelsinho, mostrando e ensinando a muitos que os frutos são colhidos após muito trabalho. Para quem nunca acreditou em você (mesmo com todo o seu passado do vitórias e campeonatos), tá aí a resposta. Essas vitórias de 2012 são só o começo de um futuro brilhante, de quem está sempre correndo atrás de um objetivo! Parabéns!

A corrida:

Por Luis Ferrari, assessor do piloto.

Nelsinho Piquet aposta e vence em Las Vegas na Nascar Truck Series

Brasileiro faz ultrapassagem mágica na volta final: “Provavelmente é a maior vitória da minha carreira” 

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Com uma ultrapassagem incrível a meia volta do fim da corrida de Las Vegas, Nelsinho Piquet venceu mais uma vez na Nascar Truck Series. “Não foi só uma vitória, foi um momento maravilhoso que com certeza não vou esquecer tão cedo. Vai ser um dos mais lembrados da minha carreira. Provavelmente é minha maior vitória e certamente um dos cinco melhores momentos da minha carreira”, declarou.

A prova teve lances eletrizantes entre a relargada da volta 128 e a bandeira quadriculada, na 146, com um duelo duro entre o Chevrolet Silverado #30 e as picapes de Matt Crafton (88) e Joey Coulter (22).

“Nosso truck tinha mais downforce e consequentemente mais arrasto (tanto que largamos só em 13º). Até mais ou menos 75% da prova, como a temperatura do asfalto não permitia fazer a volta toda com o pé embaixo, isso nos favoreceu. Mas, quando esfriou, a pista ficou mais rápida e foi possível andar de pé no fundo o tempo todo. Os dois classificaram melhor que eu. Sabia que eles iam vir forte no fim”, contou Nelsinho explicando sua estratégia no oval do deserto de Nevada -uma das pistas que mais mudam ao longo das corridas da Nascar em razão do clima.

“Tentei defender a liderança e cheguei até a encostar no muro porque não quis tirar o pé. Os dois me passaram depois da última relargada, mas não desisti e segui batalhando. Passei o 22 e depois estava decidido a ir até o final botando pressão no Matt Crafton. Até que consegui colocar por dentro na reta oposta e passar na última volta. Não sei onde fui conseguir grip para executar a manobra.”

Na capital mundial do jogo, a aposta de Piquet Jr rendeu. 

Ele agora soma quatro vitórias na Nascar, sendo três em divisões nacionais e duas em pistas ovais. De quebra, o brasileiro quebrou uma escrita: as últimas seis corridas da Truck Series em Las Vegas haviam sido vencidas por um dos três primeiros do grid, o que sinaliza a dificuldade de galgar o pelotão nesse oval de 1,5 milha. 

Além disso, Piquet Jr é apenas o terceiro piloto da categoria a conquistar mais de uma vitória na temporada 2012 (ele venceu também em Michigan). Melhor para a equipe Turner, que chegou agora à sétima vitória de sua história na Truck Series, todas neste ano, que teve 17 corridas até o momento.

O toque no muro na reta final da prova não foi o único contato da picape do brasileiro em sua segunda vitória com a picape #30. Logo na primeira volta, ao desviar de um competidor que rodou sozinho provocando a primeira bandeira amarela da corrida, Nelsinho teve um leve contato com o truck #33.

Apesar do início da corrida muito travado -foram nada menos que quatro bandeiras amarelas nas 30 voltas iniciais- Piquet Jr soube se posicionar nas relargadas para conquista posições. O destaque foi o reinício da prova no giro 18, quando partiu de 12º e fez sete ultrapassagens em nove voltas.

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Após uma rápida passagem pelos pits, o Chevrolet Silverado #30 relargou em quinto na volta 36, pela linha interna da pista. Em três voltas Nelsinho já era o terceiro. 

Ele só voltaria a ficar fora do top3 após sua terceira parada nos boxes, aproveitando a sexta bandeira amarela da noite, na volta 102. Mesmo com a equipe Turner ousando e substituindo apenas os pneus do lado direito da picape do brasileiro, ele foi obrigado a alinhar em quarto, após outros competidores se tocarem em pleno pit-lane imediatamente à sua frente.

Mas Nelsinho foi feliz no reinício recuperando a liderança, que só foi perdida novamente após a relargada final, antes do duelo com Crafton e Coulter, que havia largado da pole e substituído os quatro pneus em sua última parada no box. 

“Corrida após corrida vou descobrindo melhor até onde a picape pode ir, qual seu limite de fato. Hoje tenho mais segurança ao conduzir a caminhonete, sabendo bem melhor o tanto de aderência que ela vai apresentar em cada posição da curva. Isso tem sido decisivo para aprimorar meu desempenho nas relargadas“, avaliou Nelsinho.

Com o resultado em Las Vegas, o piloto sustenta a oitava posição no campeonato, com 11 top-10s em 17 etapas. Mas agora está apenas um ponto atrás do sétimo colocado. “É claro que estou atento para a pontuação, mas minha meta nesta reta final da temporada é terminar o ano com o maior número de vitórias na categoria.”

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Piquet Jr ainda fez questão de lembrar que ele não foi o único brasileiro no victory lane da Nascar na noite de sábado. Pietro Fittipaldi venceu prova de Late Models no oval de Hickory e foi elogiado por Nelsinho.

“Estou muito feliz pelo Pietro. Ele é praticamente meu vizinho e um menino de quem eu gosto muito, como gosto do Enzo e de toda a família. Sou bem próximo a eles e o Pietro é como se fosse um irmãozinho para mim. Tenho certeza que vamos celebrar juntos esses resultados do Brasil na Nascar.”

A próxima etapa da Truck Series está marcada para a tarde de sábado, na pista mais veloz e longa da Nascar, o superspeedway de Talladega.

Mais fotos da vitória em Las Vegas:

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Foto: Divulgação Piquet Sports
Copyright: CIA Stock Photography

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Foto: Divulgação
Copyright: Getty Images North America

Read Full Post »

Passei o dia pensando no que escrever aqui. Faltam palavras. Foi uma corrida sensacional, que vale a pena ser vista e repetida muitas vezes! Nós que o apoiamos desde o pior momento de sua carreira e acompanhamos as duras críticas dos sensacionalistas ficamos orgulhosos e querendo ver, cadê os jornalistas que tacaram pedras na F1? Cadê eles? A maioria ta aí, se vangloriando do feito do brasileiro.Patriota como poucos, sempre erguendo a bandeira nacional a cada triunfo, como se fosse uma vitória de todos. Quando isso é uma vitória dele. Ele acreditou que podia. Comemore, Nelsinho. Comemore, com quem você gosta e com quem acreditou em você.

Copyright: Getty Images North America

A corrida

Piquet largou na outside pole, ou seja 2º lugar. Largou perfeitamente, mesmo estando na linha suja da pista conseguiu dar o bote, empurrado por Kurt Busch e assumiu a primeira posição. Liderou as primeiras voltas, até ser superado por Busch, na primeira relargada da tarde. Se manteve disputando as 3 primeiras posições até a volta 56, quando em uma relargada, brigando pela primeira posição, ele perdeu um pouco o controle do carro e acabou rodando, após tocar em Busch.

A corrida entrou então em um momento dramático como diria Galvão Bueno (hahaha). A Nascar deu bandeira amarela e foi a sorte do brasileiro começando a virar a seu favor. Ele foi aos boxes pra trocar os 4 pneus e encheu o tanque de combustível. Parecia insano ir até o final, um tanque estava durando em torno de 40 voltas no máximo. Nelsinho precisaria dar 43. 

Piquet relargou na 20ª posição e começou então sua escalada. Faltando cerca de 20 voltas pro final Piquet já estava em 10º quando os líderes começaram a parar em bandeira verde. Piquet foi ganhando posições, até chegar na liderança. Ele tinha 17 segundos de vantagem pro 2º colocado e com isso começou a economizar, diminuindo a velocidade e andando no vácuo. Enquanto os pilotos que tinham feito as paradas nas janelas normais andavam a 188 mph Piquet passava a 179 mph. Nas 10 últimas voltas a equipe chegou a informar no twitter que ele deveria fazer uma parada rápida para combustível (splash and go). Mas o chefe de mecânicos Chris Carrier resolveu apostar na sorte. Pediu que Piquet continuasse economizando. E assim foi até o final. No fim de semana em que homenageava o aniversário de 60 anos do pai com a inscrição “Piket” (Nelsão, no inicio de sua carreira usava o nome escrito assim para que seu pai não descobrisse) no capacete e no carro, a tão sonhada e desejada vitória na Truck Series veio!

“Tive um contato com o Kurt Busch brigando pela liderança. Acabei rodando e isso mudou a estratégia toda. A equipe fez uma decisão ótima de pedir para economizar combustível e isso acabou dando a vitória no final. Fiquei como passageiro. É uma daquelas coisas que você não tem o que fazer. Felizmente todos fizeram um bom trabalho em desviar e saí ileso porque a área de escape na reta oposta aqui é enorme. Troquei os pneus e deu para voltar com tudo.No fim estava com meio pé no acelerador e me falavam para aliviar mais ainda! Arriscamos e deu certo! Saímos decepcionados depois de Rockingham e Pocono, que deveríamos ter ganhado. Hoje teve uma adversidade grande com a rodada e ganhamos… Corridas são assim”. – disse Nelsinho após a vitória.

“Mudamos de ideia umas três vezes na mesma volta e acabamos decidindo deixar na pista. Mas essa é a beleza de tudo isso… Sabíamos de outras corridas que o Nelson sempre foi muito bom em economizar combustível e pneus. É natural para ele, entra no vácuo e controla o pé no acelerador muito bem.” – concluiu Chris Carrier, chefe de equipe do Nelsinho

Com essa vitória, Piquet ganhou uma posição no campeonato, está agora na 8ª posição, a 57 pontos do líder. A próxima corrida já é nessa quarta, 22 de agosto, em Bristol, palco da primeira vitória do Nelsinho em solo americano (pela K&N, dia 17 de Março)

Fotos:

Foto: Divulgação / Romullo Tadeu

Copyright: Getty Images North America

Copyright: Getty Images North America

Copyright: Getty Images North America

Copyright: Getty Images North America

Copyright: Getty Images North America

Copyright: Getty Images North America

Read Full Post »