Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Talladega’

Piquet se disse confiante para corridas de superspeedway pois conseguiu andar a maior parte do tempo em dupla (Foto: CIA Stock Photo)

Piquet se disse confiante para corridas de superspeedway pois pegou a mão de como andar em dupla (Foto: CIA Stock Photo)

Por Luis Ferrari

A primeira corrida da carreira de Nelsinho Piquet em Talladega pela Nascar Nationwide Series acabou na volta 94, em um “big one”, como são conhecidos na categorias os muitas vezes inevitáveis acidentes com múltiplos envolvidos. O Camaro #30 foi um dos 11 carros coletados na maior batida da corrida realizada na tarde de sábado na mais longa e rápida pista da Nascar, com 2,66 milhas de extensão e 33º de inclinação nas curvas.

“Em superspeedways infelizmente batidas assim são mais comuns. Houve um toque à minha frente no pelotão e com tantos carros andando com o pé cravado no acelerador e sempre colados fica impossível desviar”, analisou o brasileiro.

Oficialmente 29º colocado na prova, ele somou mais 15 pontos e avançou a 202 no campeonato, conservando a 14ª posição após oito das 33 etapas de 2013.

A despeito do desfecho da prova, Piquet Jr destacou pontos positivos em sua segunda prova em superspeedway na Nationwide Series. “A performance hoje me deixou contente. Tivemos muito mais desenvoltura para formar as duplas durante a corrida e a sensação de brigar entre os líderes foi confortável. Com certeza estarei mais confiante quando for correr de novo em superspeedway”, avaliou o piloto.

A prova de Talladega foi a etapa da temporada 2013 da Nationwide Series em que o brasileiro passou mais tempo dentro do top-10: foram 40 das 94 voltas que ele completou. Largando da 16ª posição, o Camaro #30 avançou até terceiro lugar, depois de trabalhar em dupla com o companheiro de equipe Justin Allgaier, dono do carro #31.

A estratégia da Turner Scott Motorsports precisou ser redefinida logo no início da prova. O plano inicial era para os carros #30 e #32 trabalharem juntos, como na prova inaugural da temporada em Daytona. Mas Kyle Larson teve uma colisão logo no início, deixando Piquet sem dupla. Com isso o brasileiro perdeu posições nas primeiras 20 voltas, sem conseguir reagir contra carros trabalhando em parceria.

Na primeira relargada da tarde Piquet foi feliz e conseguiu saltar por fora, avançando de 22º para nono em questão de três voltas. Então passou a empurrar seu outro companheiro de equipe, o Camaro #31 de Allgaier.

Os dois se distanciaram na segunda passagem de Nelsinho pelos pits, que apenas completou o tanque enquanto o americano gastou mais tempo trocando pneus. Na relargada da volta 40, o #30 era o quinto. Mas, novamente correndo sozinho na pista, foi presa fácil para as duplas e caiu para 31º na volta 47.

Carro do Nelsinho ficou destruído após o acidente envolvendo 11 carros

Carro do Nelsinho ficou destruído após o acidente envolvendo 11 carros (Foto: CIA Stock)

Depois de algumas voltas no vácuo do #14, Piquet Jr novamente se aproximou de Allgaier. Os carros da Turner Scott Motorsports eram os mais rápidos da prova àquela altura. Cravando voltas acima dos 307 km/h entre os giros 56 e 65, eles logo retornaram ao pelotão de elite.

A terceira amarela veio na volta 71, abrindo nova rodada de pits. De tanque cheio e pneus novos só do lado direito de seu Camaro, Nelsinho duelou sempre dentro do top-10, até a grande batida que abreviou sua participação em Talladega.

O próximo compromisso do piloto é em Darlington, na próxima sexta-feira.

Classificação no campeonato:
1. Regan Smith 305 pontos
2. Sam Hornish Jr. 278
3. Justin Allgaier 265
4. Parker Kligerman 258
5. Elliott Sadler 258
6. Austin Dillon 257
7. Brian Scott 254
8. Brian Vickers 252
9. Alex Bowman 231
10. Trevor Bayne 230
11. Mike Bliss 221
12. Kyle Larson 210
13. Reed Sorenson 207
14. Nelson Piquet Jr. 202
15.Travis Pastrana 198

Read Full Post »

Categoria: Nascar Nationwide Series

Pista: Talladega

Equipe: Turner Scott Motorsports

Carro: 30

Patrocínio principal: Worx Tools

Chassis: TSM-110 (usado em Daytona)

Copyright: CIA Stock Photography

Copyright: CIA Stock Photography

Nesse sábado Piquet volta ao maior circuito oval da Nascar, o superspeedway Talladega. Nelsinho já declarou algumas vezes não ser fça desse tipo de pista pois é onde tudo pode acontecer, você pode vir bem e ser acolhido em um “big one”. Nas duas vezes em que correu em Talladega pela truck series foi o que aconteceu. Em 2011 um acidente logo no começo deixou Piquet 14 voltas atrás e fez com que terminasse na 26ª colocação. No ano seguinte, vindo de uma vitória em Las Vegas, Piquet chegou empolgado para Talladega, com patrocínio especial da Alpinestars, porém mais uma vez acabou vítima de um acidente, cruzando a linha de chegada em 22º. Ele usará o mesmo chassis de Daytona, no começo do ano, onde o carro esteve bem, chegando até a brigar pelo top-10. Nelsinho vai precsar de sorte, muita sorte, e de ficar na dele, sem cair em provocações, que certamente virão dos americanos ainda mordidos com a polêmica de semana passada.

Por falar nessa polêmica, muitos estão com dúvidas sobre a punição “probation” que o Nelsinho e o Brian Scott receberam após a confusão de sexta passada. Essa “probation” é como se fosse um cartão amarelo. O piloto fica em observação e qualquer nova confusão envolvendo Nelsinho, não necessariamente sendo com o Brian Scott, pode resultar em uma punição mais severa como suspensão ou multa. Essa “probation” para os dois vai até o dia 26 de Junho. Creio que a Nascar pode ter feito isso visando evitar um payback em Talladega, e também para segurar um pouco a onda dos brigões. Recentemente vários pilotos brigaram na Nascar após as corridas e com certeza a Nascar não quer só passar essa imagem de pilotos brigões. Então não tem essa de “só porque é brasileiro”. Creio que a Nascar teria essa postura qualquer que fossem os protagonistas da briga.

Programação

Atividade Horário de Brasília Transmissão

Quinta-feira, 02 de Maio

Treino livre 17:00 até 17:45 Não tem
Treino livre 18:00 até 18:50 Não tem

Sexta-feira, 03 de Maio

Treino classificatório 13:10 ESPN 2 (EUA)

Sábado, 04 de Maio

Corrida 16:00 Fox Sports (Brasil)

Talladega schedule for USA and Europe

Activity EST (USA) UK time UTC Broadcast

Thursday, May 02

Practice 4:00pm to4:45 pm 9:00pm to9:45pm 8:00pm to8:45pm No have
Final practice 5:00pm to5:50pm 10:00pm to10:50pm 9:00pm to9:50pm No have

Friday, May 03

Qualifying 12:10pm 5:10pm 4:10pm ESPN 2 (USA)

Saturday, May 04

Race 3:00pm 8:00pm 7:00pm ESPN (USA), MotorsTV (UK)

Read Full Post »

 

Nelson Piquet Jr com o troféu de Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr com o troféu de Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Momentos antes da corrida (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Momentos antes da corrida (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr liderando a prova em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr liderando a prova em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Ultrapassagem sensacional de Piquet em cima de Crafton na última volta! (Foto: Captura de tela)

Ultrapassagem sensacional de Piquet em cima de Crafton na última volta! (Foto: Captura de tela)

Comemoração em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Comemoração em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Getty Images)

Victory lane em Las Vegas (Foto: Getty Images)

Esquema de pintura por Alpinestars e Claw Money em prol do combate ao câncer de mama (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Esquema de pintura para Talladega, feita por Alpinestars e Claw Money em prol do combate ao câncer de mama (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr e Miguel Paludo em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelson Piquet Jr e Miguel Paludo em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

O carro#30 com esquema especial pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

O carro#30 com esquema especial pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Piquet Sports)

Nelsinho Piquet pronto pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Twitter)

Nelsinho Piquet pronto pra corrida em Talladega (Foto: Divulgação/Twitter)

Nelson Piquet Jr é atingido por adversário em Talladega (Foto: Getty Images)

Nelson Piquet Jr é atingido por adversário em Talladega (Foto: Getty Images)

Nelsinho Piquet é atingido por adversário (Foto: Divulgação Getty Images)

Nelsinho Piquet é atingido por adversário (Foto: Divulgação Getty Images)

Read Full Post »

“Não vejo a hora de voltar para uma pista onde precisa pilotar de verdade, suar e botar o carro de lado para tentar ganhar outra”, diz o piloto, que mantém o oitavo lugar no campeonato 

Por Luis Ferrari, assessor do Nelsinho

“Como eu mais temia, a corrida acabou num acidente que não foi culpa minha. Estou bem frustrado.”

Desta forma Nelsinho Piquet descreveu a segunda corrida de sua carreira no superspeedway de Talladega, a maior e mais veloz pista da Nascar. Na volta 60, o Chevrolet Silverado #30 foi acertado por um adversário que havia perdido o controle de sua picape, forçando o brasileiro a abandonar a 18ª etapa do campeonato.

“É bem frustrante. Passei a corrida toda tentando ficar na minha, me comportar embaixo sem fazer loucura, sem ir lá pra cima, sem entrar em three-wides…. E acabei peso numa batida de outra pessoa, como acontece em 80% dos abandonos em superspeedways”, disse Piquet Jr.

Com o resultado, o piloto conserva a oitava posição no campeonato a quatros corridas para o final da temporada. Nelsinho soma agora 584 pontos.

Após largar em 14º, o brasileiro buscou sempre a linha interna da pista, onde, em tese, é maior a chance de evitar enroscos no meio do pelotão. Aproveitando-se da primeira amarela da tarde, o truck #30 passou rapidamente pelos pits para combustível apenas no volta 10.

Nelsinho realinhou em 16º e novamente se posicionou por dentro, trabalhando no vácuo atrás do companheiro Miguel Paludo. A dupla batia na porta do grupo do top-10, quando novamente a prova foi interrompida, na volta 31. Desta vez, o Chevrolet SIlverado #30 recebeu quatro pneus novos, além de completar o tanque de combustível.

Poucas voltas após a relargada, Piquet Jr informou pelo rádio que o novo set de pneus não estava se comportando bem. Foi orientado para aguentar firme e permanecer na pista. 

Na volta 44, por pouco o truck #30 escapou de um adversário desgovernado, causador da terceira bandeira amarela da tarde. Em conversa pelo rádio com o crew chief, Chris Carrier, ficou definido que o melhor era esperar mais algumas voltas para substituir os pneus, pensando num ataque no fim. Então, de tanque cheio, Piquet Jr voltou para a pista.

Ele relargou em 15º e mais uma vez conseguiu segurar a linha interna. Infelizmente porém, foi acertado na reta oposta por um truck que havia perdido o controle e nem sequer conseguiu levar o Silverado #30 para a garagem.

“Esse tipo de corrida não é minha favorita. Não é aquela pista em que precisa trabalhar para acertar o carro, para conquistar as ultrapassagens… Precisa de um pouco de sorte”, comentou Nelsinho. “Não vejo a hora de voltar para uma pista em que tem que pilotar de verdade, suar, botar o carro de lado. E assim tentar ganhar outra.”

A próxima oportunidade será em Martinsville, a pista mais curta e travada da temporada. A 19ª etapa da Nascar Truck Series está marcada para o dia 27 no circuito da Virgínia. 

CLASSIFICAÇÃO NO CAMPEONATO

  1. Ty Dillon 679
  2. James Buescher 678 
  3. Timothy Peters 652
  4. Parker Kligerman 645 
  5. Joey Coulter 629
  6. Matt Crafton 627
  7. Justin Lofton 593 
  8. Nelson Piquet Jr. 584
  9. Johnny Sauter 542
  10. Miguel Paludo 538

Read Full Post »

Provavelmente um dos resumos mais curtos que já escrevi. Nelsinho andou bem no treino de classificação, largou em 2º e andou entre os 6 primeiros até a volta 14 quando Josh Richards desceu em cima do brasileiro o que provocou uma sucessão de toques. Piquet conseguiu controlar o carro e evitar um “BIG ONE”, mas com a picape muito avariada numa pista onde a aerodinâmica é fundamental, não tinha muito o que fazer. Ele foi aos boxes várias vezes para consertar o Truck e voltou pra pista 14 voltas atrás, em 33º. Com outros acidente acontecendo durante a corrida e com as desistências ele conseguiu 7 posições, cruzando a linha em 26º.

O resultado apesar de ruim não tirou Nelsinho da briga pelo top-10 no campeonato. Seu adversário direto pelo top-10 Parker Kliegerman também teve problemas e eles agora estão afastados por apenas 18 pontos.

“Com a picape comprometida, não tinha mais condição de competir. Foi só sobreviver na pista. Já estou pensando na próxima corrida. Temos condição de ir bem nas últimas três provas e ainda brigar pelo rookie of the year e pelo top-10 no campeonato. Em uma semana, vamos da pista mais rápida e longa para a mais curta e travada da temporada. Passamos por lá no primeiro semestre e agora estou mais confortável para lidar com esse tipo de circuito. Será interessante.” – disse Nelsinho Piquet após a prova.

Assista o vídeo da batida:

Read Full Post »

Talladega

O maior oval da Nascar. A corrida onde tudo pode acontecer. Faltando 4 corridas pro final do campeonato, é a vez de Talladega. Os fãs de Nascar já me avisaram: Prepare o coração, talladega é surpreendente. Devido ao seu tamanho os carros chegam a uma velocidade muito grande e com a velocidade vem junto os grandes “big one”, aqueles grandes acidentes envolvendo vários carros.

Esta é a primeira vez de Nelsinho Piquet no gigante do Alabama, a equipe usará o carro que ele usou em Daytona, onde ele chegou em 27º por causa de um problema no motor que o fez abandonar faltando 20 voltas pro final. O piloto brasileiro se diz confiante para a prova: “Talladega deverá ser a melhor corrida do nosso time. Nós não fomos tão bem em nossa primeira superspeedway nessa temporada mas com a experiência adquirida desde então eu sinto que temos o que precisamos pra ter um final sólido. Tenho grandes expectativas pra essa corrida. Talladega é muito rápida e deve se encaixar ao meu estilo de pilotar.” – disse Piquet no press release da equipe.

Programação de pista em Talladega // Talladega Schedule

Sexta-feira 21 de outubro // Friday, October 21

Brasília (-3) ET (-5) GMT
Treino livre / Practice 12:30 10:30am 2:30pm
Classificatório / Qualifying 19:00 5:00pm 10:00pm

Sábado 22 de outubro // Saturday, October 22

Race 18:00 4:00pm 8:00pm

Transmissão: O Canal Speed (Sky 28, NET 97) transmite a corrida ao vivo. Os treinos livres não terão transmissão nem no speed americano, e como a NASCAR não tem livetiming pra Truck Series, a única maneira de acompanhar é seguindo os twitters @NASCAR_Trucks e @KHI_TruckSeries. O treino de classificação terá transmissão ao vivo pelo Speed americano, então é provável que tenha links pra podermos assistir na internet. Fiquem ligados no twitter e no facebook do fã-clube

Read Full Post »