Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Diário do Nelsinho – SPEEDTV’ Category

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEED

No cockpit: Nelson Piquet Jr. Diário do Piloto – A decisão está por vir

Espero em breve tomar a decisão de em qual equipe irei guiar na próxima temporada…

Bom, a corrida em Kentucky foi muito boa pro time mas confesso que estou um pouco desapontado pois realmente estávamos esperando nossa primeira vitória lá. Estávamos fazendo tudo certo, éramos o Truck mais rápido da pista durante a corrida. Infelizmente colocamos um jogo de pneus que não foi tão bom para nós e ficamos um pouco mais lentos. Mesmo com esse contratempo conseguimos recuperar e chegar em quarto, então não posso ficar assim tão triste.

Após a corrida em Kentucky eu voltei para Mooresville para alguns dias em casa para treinar pro Triathlon de Miami que vou disputar em breve. Depois estive em Pensacola (na Flórida) para um casamento de um amigo. De lá segui para Miami para treinar mais para o Triathlon mas ficou difícil pois enfrentamos muitos dias de tempestade. Nos momentos sem chuva aproveitei para treinar antes de voltar a Mooresville e focar na corrida de Las Vegas.

Ainda encontrei meus dois sócios brasileiros em Miami. Junto com meus dois amigos de infância criamos uma cachaça que é um licor brasileiro feito de cana fermentada. Nós demos o nome de “B” porque nossa cachaça tem o mel como seu ingrediente chave e projetamos o design do logo e da garrafa com as listras de uma abelha. As coisas estão indo muito bem e eu mal posso esperar pra introduzir o produto aqui na América!

Estou tendo muitas reuniões para determinar em qual time da NASCAR Camping World Truck Series irei competir no próximo ano. As coisas estão progredindo bem e eu espero tomar uma decisão em breve. Eu gostaria de ter tudo já definido antes do final da temporada para poder me concentrar na próxima temporada tão logo acabe essa.

A próxima corrida é em Las Vegas neste final de semana. Eu andei lá ano passado mas não tive um Truck muito competitivo. No entanto dessa vez será muito melhor, eu ganhei muita experiência e tenho uma equipe muito competitiva. Eu gostei muito dessa pista que é muito veloz, como Chicago. Estou realmente esperando que possamos chegar a vitória nesse final de semana.

Filho do tri-campeão de Formula 1 Nelson Piquet, Piquet Jr começou no kart aos 8 anos de idade em sua terra Natal, Brasil.Ele passou 8 anos aprimorando sua técnica e seu talento no kart, conquistando 3 campeonatos antes de começar nos carros de Fórmula. Em 2002 Piquet conquistou o campeonato da F3 Sulamericana com 13 vitórias. Em 2004 ele levou pra casa o campeonato da F3 Britânica com 6 vitórias e 7 pódios. Em 2008 e 2009 Piquet competiu na Formula 1 antes de tomar a decisão de se transferir pra NASCAR em 2010.

Read Full Post »

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEED

NO COCKPIT: Nelson Piquet Jr – diário do piloto – Chicagoland

A próxima é em Chicagoland e eu estou ansioso por isso…

Foto que o Nelsinho postou no twitter, chegando em Carmel

Depois de uma excelente viagem pela Califórnia, estou me preparando pra corrida em Chicagoland nesse final de semana. Durante a pausa entre as corridas de Atlanta e Chicago tirei um tempo pra visitar uma parte dos Estados Unidos, que eu nunca tinha ido antes. Eu e minha namorada viajamos pela Califórnia, visitamos cidades totalmente novas para mim. Nós voamos até Los Angeles, alugamos um carro e dirigimos até Santa Bárbara. Eu amei aquilo lá. Nós tivemos oportunidade de se hospedar num hotel maravilhoso, um lugar perfeito pra malhar. Estou treinando pra um triathlon no final do ano, então lá eu pude nadar e correr bastante durante as férias.

De Santa Bárbara fomos até Carmel e em seguida até São Francisco, o ponto final da nossa viagem. Eu adorei essa aventura, vimos belas praias e pudemos fugir um pouco da agitação da vida cotidiana. Após a aventura pela Califórnia, voltamos à Costa Leste para a Carolina do Norte para que eu pudesse me preparar pra próxima corrida.

A próxima é em Chicagoland e estou realmente ansioso pra chegar lá. Esta é exatamente o tipo de pista que eu me adapto melhor e acredito que nós estamos numa boa posição de ir bem. estou trabalhando com grandes pessoas e estou animado pra ver como o Chevrolet Silverado nº8 vai se sair em Chicago.

Também estarei participando de alguns eventos antes da corrida. Estarei na Q&A e sessão de autógrafos no Joliet Race  Fan Rally na quinta-feira, 15 de setembro às 6 da tarde. E eu estarei também na sessão de autógrafos que a Nascar promove na pista, sexta-feira às 12:30. Eu adoro passar o tempo com fãs e conhecer as pessoas durante esses eventos. Eu adoraria conhecer todos, por isso não deixem de passar aqui pra me dizer um “oi”!

Filho do tri-campeão de Formula 1 Nelson Piquet, Piquet Jr começou no kart aos 8 anos de idade em sua terra Natal, Brasil.Ele passou 8 anos aprimorando sua técnica e seu talento no kart, conquistando 3 campeonatos antes de começar nos carros de Fórmula. Em 2002 Piquet conquistou o campeonato da F3 Sulamericana com 13 vitórias. Em 2004 ele levou pra casa o campeonato da F3 Britânica com 6 vitórias e 7 pódios. Em 2008 e 2009 Piquet competiu na Formula 1 antes de tomar a decisão de se transferir pra NASCAR em 2010.

Read Full Post »

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEEDTV.com

NO COCKPIT: Nelson Piquet Jr – diário do piloto – O Tempo voa…

Apenas foi minha primeira vez na última quarta-feira mas senti como se já tivesse corrido em Bristol…

Estou com a cabeça na corrida de Atlanta desse final de semana, que é a 17ª da temporada. Nem posso acreditar que já estamos entrando no final da temporada. Incrivel como o tempo tem passado depressa!

Eu sei que na ultima quarta-feira em Bristol foi minha primeira corrida lá, mas eu senti como se sempre tivesse corrido lá. Eu consegui meu quinto top-10 esse ano e tive minha melhor posição de largada da temporada, largando em 2º na O’Reilly Auto Parts 200. O truck estava ótimo por toda a noite e eu nem acreditei o quão bem eu fui na minha primeira classificação lá. Bristol Motor Speedway é notoriamente uma pista de grande dificuldade, então estou certo que com um pouco mais de experiência conseguiria terminar num top-5.

Após a corrida em Bristol eu viajei pra Miami por alguns dias pra passar o tempo com minha irmã mais nova. Ela está começando a faculdade em Miami, se transferiu após ter estudado em Londres no último ano. Eu a ajudei a se instalar e organizar algumas coisas. Também aproveitei pra praticar Wakeboard antes de voltar a Carolina do Norte pra me preparar pra corrida em Atlanta.

Eu estou animado com a corrida em Atlanta nesse final de semana. Eu de fato acredito que será uma corrida muito divertida. Eu tenho um histórico muito bom em pistas intermediárias e estamos vivendo um bom momento. Eu ficarei feliz se tiver um resultado sólido e fizer uma corrida consistente, mas o que eu realmente gostaria é de conseguir uma vitória. Eu tenho uma grande equipe por trás de mim e sinto que a vitória se aproxima.

Uma nota especial às pessoas afetadas pelo furacão Irene: Quero enviar meus sentimentos a todos os que foram afetados pelo furacão Irene. Eu considero a Carolina do Norte como minha casa e me entristece saber que as pessoas estão sofrendo nessa área e na Costa Leste. Meus melhores sentimentos e desejo que todos possam permanecer fortes.

Filho do tri-campeão de Formula 1 Nelson Piquet, Piquet Jr começou no kart aos 8 anos de idade em sua terra Natal, Brasil.Ele passou 8 anos aprimorando sua técnica e seu talento no kart, conquistando 3 campeonatos antes de começar nos carros de Fórmula. Em 2002 Piquet conquistou o campeonato da F3 Sulamericana com 13 vitórias. Em 2004 ele levou pra casa o campeonato da F3 Britânica com 6 vitórias e 7 pódios. Em 2008 e 2009 Piquet competiu na Formula 1 antes de tomar a decisão de se transferir pra NASCAR em 2010.

Read Full Post »

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEEDTV.com

NO COCKPIT: Nelson Piquet Jr – diário do piloto – Em movimento

Depois de uma viagem ao Brasil, estou de volta pra corrida em Kentucky…

Espero que todos tenham tido um ótimo feriado de 4 de Julho (dia da Independência nos EUA)! Nos tivemos uma pausa desde a ultima corrida da NASCAR Camping World Truck Series, então tive a oportunidade de ir ao Brasil visitar os amigos e a família. Enquanto estava lá, também aproveitei pra correr.

Primeiro estive em Brasília que é a capital do Brasil e é onde meu pai e meus irmãos moram. Lá não é como vocês imaginam “Brasil” – não tem praia e não é um destino típico de férias. Entretanto é onde meu pai sempre viveu e eu adoro poder voltar lá e visitar a casa da família. Lá é a cidade base do governo. A nossa casa é muito relaxante e é sempre um bom lugar pra passar o tempo.

Depois eu fui pra São Paulo, que é provavelmente o lugar mais famoso do Brasil, próximo ao Rio de Janeiro, para ver alguns amigos e fazer alguns testes de Kart. As corridas são tudo na minha vida. Eu gosto tanto disso que é meu hobby e meu trabalho. Sempre que posso estou guiando algo.

Originalmente eu planejei a viagem ao Brasil pra participar de uma grande competição de Kart, mas infelizmente foi cancelado. Então eu encontrei um campeonato menor acontecendo em Belo Horizonte. Passei cinco dias lá competindo de kart e foi um ótima experiência.

Também tive a sorte de poder acompanhar o casamento de um amigo meu, e depois voltei as pistas, mas apenas como espectador.

Meu irmão Geraldo compete na Formula Truck brasileira, que é uma categoria muito popular no Brasil. A corrida é mais popular que a Stock Car brasileira. Em Interlagos, onde meu irmão correu, o publico foi quase tão grande quanto numa corrida de Formula 1. Havia mais de 100000 espectadores, o que me custou mais de 1 hora pra conseguir entrar no circuito! Foi uma corrida muito boa de assistir e meu irmão terminou no pódio! Fiquei feliz por estar lá e poder acompanhar isso.

Semana passada estava assistindo a Formula Truck brasileira e esta semana já estou de voltas as pistas da NASCAR Camping World Truck Series em Kentucky. Estou ansioso, me disseram que a superfície é muito áspera e eu realmente gosto das pistas intermediárias de 1,5 milhas. Acredito que o tipo de superfície e o tamanho da pista irão ajudar a manter-nos na direção certa desta temporada.

Filho do tri-campeão de Formula 1 Nelson Piquet, Piquet Jr começou no kart aos 8 anos de idade em sua terra Natal, Brasil.Ele passou 8 anos aprimorando sua técnica e seu talento no kart, conquistando 3 campeonatos antes de começar nos carros de Fórmula. Em 2002 Piquet conquistou o campeonato da F3 Sulamericana com 13 vitórias. Em 2004 ele levou pra casa o campeonato da F3 Britânica com 6 vitórias e 7 pódios. Em 2008 e 2009 Piquet competiu na Formula 1 antes de tomar a decisão de se transferir pra NASCAR em 2010.

Read Full Post »

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEEDTV.com

NO COCKPIT: Nelson Piquet Jr – diário do piloto – NASCAR é especial

Desde que eu mudei pras corridas na América eu me apaixonei de ver como o esporte aqui valoriza os fãs e como os fãs valorizam o esporte…

Nestes dias após a corrida em Charlotte estive com a família e os amigos mas estou animado e mantive o foco na corrida no Kansas neste fim de semana. Esta é a corrida de nº 400 da Nascar Camping World Truck Series e mais um marco pra esse esporte que as pessoas tanto amam.

Uma das coisas que mais amei de ver desde que mudei pro automobilismo americano é ver como o esporte valoriza seus fãs e como os fãs abraçam o esporte. A lealdade e a paixão de ambos os lados – pilotos e fãs – é surpreendente. É ótimo pros fãs terem esse acesso aos pilotos o que não acontece na maioria dos esportes. Na NASCAR temos várias sessões de autógrafos nos finais de semana de corrida para satisfazer os fãs e agradecer a todos que estão ali pra nos apoiar. As pistas e a NASCAR fornecem oportunidades dos fãs se aproximarem do esporte que eles investem seu tempo seguindo. Aplaudo os esforços da NASCAR em suas formas inovadoras de mostrar aos fãs que eles são uma parte crucial do final de semana.

Os fãs de fato têm um grande interesse na NASCAR. Teve sessões de autógrafo nos finais de semana em que os fãs vinham pegar meu autógrafo apenas porque eu dirijo um Chevrolet! Às vezes os fãs querem apenas autógrafos dos pilotos da Toyota porque eles têm um Toyota e querem ser fiéis a sua marca! Isso mostra o quão apaixonados eles são.

Eu acho que a paixão dos torcedores é ajudada pelo fato da corrida ser em circuitos ovais onde os torcedores assistem e comemoram como em uma grande arena de basquete ou futebol. Na Europa a natureza dos circuitos só permite quem está na arquibancada assistir uma parte da corrida. Já nos ovais você pode assistir toda a ação e sempre entender o que está acontecendo.

Esta facilidade de interação do público também se traduz pelas características técnicas dos Trucks e das regras do esporte. Considerando que em outras categorias de automobilismo as regras mudam a cada ano e podem ser muitas vezes muito complexas, na NASCAR eles mantêm a mesma e garante que está sempre acessível.

Esta é a minha visão do que faz a NASCAR especial e por isso mantém seus fãs dedicados.

Filho do tri-campeão de Formula 1 Nelson Piquet, Piquet Jr começou no kart aos 8 anos de idade em sua terra Natal, Brasil.Ele passou 8 anos aprimorando sua técnica e seu talento no kart, conquistando 3 campeonatos antes de começar nos carros de Fórmula. Em 2002 Piquet conquistou o campeonato da F3 Sulamericana com 13 vitórias. Em 2004 ele levou pra casa o campeonato da F3 Britânica com 6 vitórias e 7 pódios. Em 2008 e 2009 Piquet competiu na Formula 1 antes de tomar a decisão de se transferir pra NASCAR em 2010.

Read Full Post »

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEEDTV.com

NO COCKPIT: Nelson Piquet Jr – diário do piloto – Como eu comecei…

Para ser um piloto de corrida, voê precisa ser apaixonado e ter muito talento…

Depois desse final de semana difícil em Dover, nossa equipe está empenhada preparando o carro pra Charlotte. Me envolvi em um acidente na última volta em Dover depois de fazer uma excelente corrida, mas estou olhando pra esta sexta à noite. Diferentemente dos meus outros diários, pensei em dessa vez contar-lhes como eu comecei a correr pra que vocês possam conhecer um pouco mais de onde eu vim.

Quando era criança, morava com minha mãe na Europa, então com 8 anos me mudei pro Brasil, pra morar com meu pai. Eu peguei um kart pela primeira vez quando já morava com meu pau e lembro-me de ter me apaixonado imediatamente por corridas e carros. Eu era louco por isso. Eu passava horas e horas com meus mecânicos, saia de lá tarde da noite só pra estar lá aprendendo o máximo possível sobre carros. Eu tinha um mecânico que trabalhou comigo desde o kart até quando eu ganhei a F3 britânica. Nós éramos uma família e só tenho bons momentos pra recordar dessa época.

Eu competi de kart até ter idade suficiente pra estrear na F3 sulamericana e eu ganhei o campeonato lá no meu segundo ano, em 2002 com minha equipe Piquet Sports. Então eu fui pra Inglaterra, correr na F3 britânica e tive que tomar uma grande decisão. Ao invés de ir com uma equipe estabelecida, levei meu engenheiro e dois mecânicos do Brasil, e montamos uma na nossa cabeça. Foi uma decisão corajosa, mas valeu a pena porque eu ganhei o campeonato no meu segundo ano em 2004.

Depois disso, a Piquet Sports mudou pra GP2 que é a categoria de acesso pra Formula 1 onde eu competi por 2 anos. No primeiro ano foi dificil porque tivemos muitos problemas e falhas mecânicas, mas na segunda temporada em 2006 eu tive bons resultados e briguei até a últica corrida pelo campeonato, vencido por Lewis Hamilton. Eu fui o vice-campeão mas tive ótimos resultados e disputei com ele durante toda a tempoorada. Eu me tornei p primeiro piloto a conseguir um fim de semana perfeito, com pole position, 2 vitórias e volta mais rápida nas duas corridas, na Hungria. No ano seguinte me tornei piloto de testes da ING Renault F1 e no ano seguinte fiquei como piloto titular por 18 meses antes de vir pra América pra competir na NASCAR.

Me perguntam muito o que é preciso pra ser um piloto de corridas. Meu conselho é que você precisa de muita paixão e muito talento. Você também precisa estar preparado pra momentos difíceis, porque não é fácil. Estar feliz quando se está vencendo é fácil, mas você precisa ser capaz de se manter motivado e trabalhar duro quando tiver momentos difíceis. Há também um elemento, de estar no lugar certo na hora certa e infelizmente, hoje por ser um esporte tão caro que ajuda se você tiver bons patrocinadores. Tive sorte de ter bons patrocinadores na F3 e GP2 e sempre serei grato por isso.

Este final de semana estarei correndo no Charlotte Motor Speedway, que é “minha casa” aqui na América. Tenho certeza que faremos um grande show pro público fã da Truck Series. Espero que você possa ir pra pista assistir se você estiver na área de Charlotte, NC ou então sintonize o speed as 21:00 nesta sexta-feira!

Filho do tri-campeão de Formula 1 Nelson Piquet, Piquet Jr começou no kart aos 8 anos de idade em sua terra Natal, Brasil.Ele passou 8 anos aprimorando sua técnica e seu talento no kart, conquistando 3 campeonatos antes de começar nos carros de Fórmula. Em 2002 Piquet conquistou o campeonato da F3 Sulamericana com 13 vitórias. Em 2004 ele levou pra casa o campeonato da F3 Britânica com 6 vitórias e 7 pódios. Em 2008 e 2009 Piquet competiu na Formula 1 antes de tomar a decisão de se transferir pra NASCAR em 2010.

Read Full Post »

Livre tradução para o Português por Livia Castrioto – original em inglês: SPEEDTV.com

NO COCKPIT: Nelson Piquet Jr – diário do piloto – De volta ao trabalho

Esperando poder construir um bom resultado em Dover, a partir do segundo lugar em Nashville…

Tivemos algumas semanas desde a última corrida da NASCAR Camping World Truck Series, em Nashville, onde eu conquistei o 2º lugar com o meu truck nº 8 da Kevin Harvick Inc. Foi um excelente fim de semana, estou muito orgulhoso da minha equipe por todo o progresso que fizemos. Comemorei muito, porém logo em seguida já estava focando meu pensamento em Dover.

Nashville foi um daqueles finais de semana onde tudo aconteceu rapidamente. Eu fui pra pista cedo pra conhecer, mantive a calma durante toda a corrida e procurei evitar os acidentes. O carro foi melhorando durante a corrida e a equipe trabalhou pra deixá-lo mais rápido a cada pit stop. Eu estava aprendendo qual momento certo pras ultrapassagens, qual a melhor linha pra se posicionar e quais riscos eu deveria correr. Eu sentia o quanto o carro estava bom e acabou terminando com um resultado realmente bom!

A equipe realmente merecia esse resultado. Eles estão trabalhando tão duro pra chegar na frente, então foi um bom resultado pra toda a equipe. Eu ainda estou devendo a eles uma vitória e sinto que ela virá em breve. Quando um bom resultado vem, as coisas acontecem rapidamente. O ambiente na NASCAR é muito aconchegante, eu pude ver isso pois muitos pilotos vieram falar comigo após a corrida. Todos estavam felizes por mim e isso é uma excelente atmosfera pra se estar.

Foi um turbilhão emocional, então por isso logo após a corrida fui pra casa em Mooresville, pra descansar a cabeça no resto do fim de semana. Fiz ainda um churrasco com amigos e depois me afastei um pouco, fui pra praia por uns dias. Semana passada fui pela primeira vez assistir um jogo de Hóquei no gelo. Eu amo ver como os americanos são apaixonados pelos esportes e tive um grande momento na torcida do jogo entre Boston Bruins e Philadelphia Flyers. No final o Flyers até fizeram uma camisa com meu nome. Eu ainda passei em Boston antes de voltar para Charlotte para se preparar para Dover.

Olhando pra essa próxima corrida, também é uma pista nova pra mim. Assisti as corridas anteriores pra me preparar e estou ansioso pra manter o impeto em Dover. Meu objetivo é ficar no top-10 na classificação geral de pilotos após a corrida… dedos cruzados (estamos Nelsinho, dedos cruzadinhos na torcida rsrsrs). Torçam pelo nº 8 Autotrac Chevrolet!

CADASTRE-SE NO FÃ-CLUBE (É DE GRAÇA!) E FIQUEM LIGADOS, PROMOÇÕES EXCLUSIVAS EM BREVE!

SUBSCRIBE ON FAN CLUB (IT’S FREE!) AND STAY TUNED IN EXCLUSIVE PROMOS COMING SOON!

Read Full Post »

Older Posts »